Search Filter

Tipo de Documento

Nível Bibliográfico

Autor

Data

Editor

Coleção

Assunto

Forma do Assunto

Língua

Público-alvo

 
Página 1 de 2 1 2 > >>
Capa
MFN: 100575
Estado: n    Tipo: a    Nível bibl.: m    Nível hierárquico:      Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0126787
005:20190704152207.0
100:  ^a20190704d2019    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor
102:  ^aPT
200:1 ^a<A >Intervenção dos enfermeiros de reabilitação no desmame ventilatório numa unidade de cuidados intensivos^bregisto eletrónico^fRui Miguel Outeiro^gorient. Maria de La Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2019
215:  ^a108 p^cil.
328:  ^aDissertação de mestrado em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
606:  ^aMestrado em Enfermagem de Reabilitação^xDissertação de mestrado
606:  ^aVentilação mecânica
606:  ^aReabilitação respiratória
606:  ^aReabilitação motora
675:  ^a616-083
700: 1^aOuteiro^bRui Miguel
702: 1^aSoares^bMaria de La Salete Rodrigues^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2212^zConsultar no Repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\7499ess.jpg^c1
930:  ^d043-D OUT INT [288]^lESS
Texto
MFN: 35602
Estado: n    Tipo: a    Nível bibl.: m    Nível hierárquico: 0    Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0047836
005:20130102131910.0
021:  ^aPT
035:  ^a0014287
035:  ^a0014717
035:  ^a0014775
035:  ^a0014865
035:  ^a0014868
035:  ^a0015099
100:  ^a20020730d2001    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor
102:  ^aPT
200:1 ^aQualidade de vida e esclerose multipla
210:  ^aPorto^c[s.n.]^d2002
215:  ^a 184, [32] p.^e1 cd-rom
300:  ^aDissertação de Mestrado apresentada na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Universidade do Porto
328:  ^aA qualidade de vida (QV) é, no momento actual, um objectivo primordial de cada ser humano e no campo da saúde emerge a necessidade de compreender a percepção que cada indivíduo tem relativamente a este constructo. A Esclerese Múltipla (EM), doença crónica e incapacitante, desencadeia no indivíduo necessidades de mudança, para fazer face à crise que surge ao se confrontar com o diagnóstico desta doença e também devido ao seu carácter imprevisível, pois conduz a alterações do estilo de vida da pessoa e afecta a sua qualidade de vida produzindo sofrimento, pelo que a diminuição do bem-estar é fortemente evidenciado. Este estudo tem como objectivos principais: Conhecer a percepção de QV, do sofrimento e do apoio social em doentes com EM; verificar se as variáveis demográficas e clínicas interferem com a QV, com o sofrimento e com o apoio social e compreender a relação entre as diferentes variáveis em estudo. A nossa população alvo, é constituída por 54 doentes com EM, no estádio recidivente-remitente, medicados com interferón, que frequentam a Consulta de Neurologia do Hospital de Santa Luzia de Viana do Castelo, no período compreendido entre Março e Maio de 2001. A recolha de dados foi efectuada através da utilização de um questionário sócio-demográfico e de dados clínicos; um questionário genérico de avaliação da qualidade de vida - MOS-SF36; um inventário de avaliação de experiências de sofrimento na doença - IESSD e uma escala de avaliação de apoio social - EAS. Os resultados indicaram que o status de qualidade de vida destes doentes se situa em termos globais a um nível inferior ao das populações saúdáveis bem como doentes com outras patologias, mas as mulheres em relação aos homens apresentam scores mais baixos. Estes doentes vivenciam elevados níveis de sofrimento, também mais evidentes no sexo feminino, e o apoio social recebidos por eles é razoável, não se encontrando diferenças significativas entre os homens e as mulheres. A qualidade de vida e o apoio social estão associados positivamente, bem como, menores status de qualidade de vida correlacionam-se com níveis mais altos de sofrimento.
606:  ^aEsclerose múltipla^xQualidade de vida
620:  ^aPT
675:  ^a304:616-004
700: 1^aSoares^bMaria de la Salete Rodrigues
701: 1^4205
701: 1^aBreda^bJoão^4205
930:  ^d043-D SOA QUA [35]
Capa
MFN: 101353
Estado: n    Tipo: l    Nível bibl.: m    Nível hierárquico: 2    Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0127566
005:20200107153531.0
100:  ^a20200107d2019       y0pory0103    ba
101:0 ^apor^cpor
102:  ^aPT
200:1 ^aQualidade dos cuidados de enfermagem de reabilitação numa UCIM^bregisto eletrónico^e<um >caminho a percorrer...^fMiguel António Andrade Carneiro Machado^gOrient. Maria de La Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo ^c[s.n.]^d2019
215:  ^a119 p
328: 1^aDissertação de Mestrado em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
606:  ^aMestrado em Enfermagem de Reabilitação^xDissertação
606:  ^aEnfermagem de reabilitação^xCuidados de enfermagem
606:  ^aQualidade de cuidados
606:  ^aQualidade em saúde
675:  ^a615.8
700: 1^aMachado^bMiguel António Andrade Carneiro
702: 1^aSoares^bMaria de La Salete Rodrigues^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2282^zConsultar no Repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\7557ess.jpg^c1
930:  ^d043-D MAC QUA [306]^lESS
Capa
MFN: 97362
Estado: n    Tipo: l    Nível bibl.: m    Nível hierárquico:      Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0122564
005:20180105114229.0
100:  ^a20180105d2017    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor
102:  ^aPT
135:  ^azou         
200:1 ^aReabilitação da mulher mastectomizada^eda informação à capacitação^fMarília Patrão Ferreira^gorient. Maria de la Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2017
215:  ^a163 p^cil.
328: 1^aTrabalho de projeto em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
606:  ^aMestrado em Enfermagem de Reabilitação ^xTrabalho de projeto
606:  ^aMulher mastectomizada
606:  ^aCuidados de enfermagem de reabilitação
606:  ^aCapacitação
606:  ^acancro da mama
606:  ^aConsulta de enfermagem
675:  ^a616-083:615.8
700: 1^aFerreira^bMarília Patrão
702: 1^aSoares^bMaria de La Salete Rodrigues^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/1959^zConsultar no repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\7313ess.jpg^c1
930:  ^dDVD FER REA [258]^lESS
Capa
MFN: 101339
Estado: n    Tipo: l    Nível bibl.: m    Nível hierárquico: 2    Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0127552
005:20200106113807.0
100:  ^a20200106d2019       y0pory0103    ba
101:0 ^apor^cpor
102:  ^aPT
200:1 ^a<A >intervenção do enfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação na pessoa após AVC^bregisto eletrónico^fMarisa Amorim Matos^gMaria de La Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2019
215:  ^a95 p
328: 1^aTrabalho de projeto em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
606:  ^aMestrado em Enfermagem de Reabilitação ^xTrabalho de projeto
606:  ^aEnfermeiro especialista em enfermagem de reabilitação
606:  ^aAcidente vascular cerebral
606:  ^aAutocuidado
675:  ^a615.8
700: 1^aMatos^bMarisa Amorim
702: 1^aSoares^bMaria de La Salete Rodrigues ^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2276^zConsultar no Repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\7551ess.jpg^c1
930:  ^d043-TP MAT INT [300]^lESS
Texto
MFN: 89468
Estado: n    Tipo: a    Nível bibl.: m    Nível hierárquico: 0    Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0113614
005:20170301191915.0
021:  ^aPT
035:  ^a0014287
035:  ^a0014717
035:  ^a0014775
035:  ^a0014865
035:  ^a0014868
035:  ^a0015425
035:  ^a0017499
035:  ^a0017619
035:  ^a0021272
100:  ^a20140429d2013    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor^cpor
102:  ^aPT
200:1 ^a<A >esperança e o sofrimento no doente oncológico paliativo^fCarla Sofia de Azevedo Ramos
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2013
215:  ^a154 p.^eDVD
300:  ^aDissertação de Mestrado em Cuidados Paliativos
330:  ^aA doença incurável confronta a pessoa com mudanças radicais que resultam em sofrimento humano e sentimentos de desesperança. O cancro, em particular, tornou-se numa doença temível que ameaça a integridade humana, levando a pessoa a questionar-se sobre o sentido da vida. A esperança constitui uma componente essencial do cuidar, com comprovado poder terapêutico, que promove o alívio do sofrimento, a recuperação do significado e sentido da vida e ajuda a lidar com a doença e incertezas do futuro de uma forma mais eficaz. A sua importância assume especial relevo no âmbito dos cuidados paliativos, cujos objetivos residem na promoção do conforto, e no alívio do sofrimento, tendo em vista a preservação da dignidade da pessoa. Reside aqui, e nas nossas preocupações pessoais e profissionais, o interesse em desenvolver este estudo com a finalidade de conhecer como o doente oncológico paliativo vivencia a esperança e o sofrimento, e se existe relação entre estas duas dimensões numa situação de doença grave e sem perspetiva de cura, no sentido de o inspirar a reencontrar a esperança no seio do sofrimento. Desenvolvemos um estudo de natureza quantitativa, do tipo exploratório, descritivo-correlacional. Como estratégia de recolha dos dados utilizou-se o Herth Hope Index-PT (Viana, 2010), o Inventário de Experiências Subjetivas de Sofrimento na Doença (Gameiro & McIntyre, 1997) e um questionário por nós elaborado, composto por questões sociodemográficas e clínicas. A amostra, do tipo não probabilística por conveniência, foi constituída por 70 doentes sob quimioterapia paliativa atendidos num serviço de ambulatório de uma unidade hospitalar do grande Porto. Os resultados permitem-nos perceber que os inquiridos apresentam médias de esperança elevadas e índices de sofrimento baixos, estando estes dois constructos relacionados. A dimensão de sofrimento físico apresenta os índices mais baixos, sendo que o sofrimento socio relacional apresenta os índices mais elevados, a par da vivência de elevados índices de experiências positivas de sofrimento. Os resultados sugerem, ainda, que quanto maior a esperança menor o sofrimento experienciado. A esperança e o sofrimento estão, portanto, relacionados, sendo duas características inerentes ao Homem, que o acompanham no seu processo de viver e de morrer e condicionam o ajuste aos momentos de crise, na recuperação do significado e sentido da vida, tendo em vista a preservação da dignidade da pessoa. Estes resultados reforçam a importância que o alívio do sofrimento tem para o doente, ajudando-o a encontrar sentido e propósito na vida, mediante o planeamento de metas exequíveis e fomentando a vivência de uma esperança realista, integrando a esperança como uma atitude terapêutica. Neste sentido, é importante um maior investimento nestas áreas na prática de cuidados e na formação em enfermagem.
606:  ^aSofrimento^2DeCS
606:  ^aEsperança^2DeCS
606:  ^aDoente terminal^xPessoa em fim de vida^2DeCS
606:  ^aQuimioterapia^2DeCS
606:  ^aCuidados paliativos^2DeCS
620:  ^aPT
675:  ^a616-083
700: 1^aRamos^bCarla Sofia de Azevedo
701: 1^4205
701: 1^4205
702: 1^aPereira^bMaria Aurora Gonçalves^4727
702: 1^aSoares^bMaria de la Salete Rodrigues^4727
801: 0^aPT
856:40^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/1183^zConsultar no Repositório do IPVC
930:  ^d043-D RAM ESP [98]^lESS
930:  ^dDVD RAM ESP [98]^lESS
Capa
MFN: 101343
Estado: n    Tipo: l    Nível bibl.: m    Nível hierárquico: 2    Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0127556
005:20200106160914.0
100:  ^a20200106d2019       y0pory0103    ba
101:0 ^apor^cpor
102:  ^aPT
200:1 ^aReeducação funcional respiratória pré-operatória na pessoa submetida a cirurgia abdominal^bregisto eletrónico^fAlcinda Manuela Silva Ferreira^gorient. Maria de La Salete Rodrigues Soares, orient. Maria José Lopes Fonseca
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2019
215:  ^a122 p
328: 1^aTrabalho de projeto em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
606:  ^aMestrado em Enfermagem de Reabilitação^xTrabalho de projeto
606:  ^aTerapia respiratória
606:  ^aCirurgia abdominal
606:  ^aReeducação funcional respiratória
675:  ^a615.8
700: 1^aFerreira^bAlcinda Manuela Silva
702: 1^aSoares^bMaria de La Salete Rodrigues^4727
702: 1^aFonseca^bMaria José Lopes^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2280^zConsultar no Repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\7556ess.jpg^c1
930:  ^d043-D FER REE [304]^lESS
CAPA
MFN: 91245
Estado: n    Tipo: a    Nível bibl.: m    Nível hierárquico:      Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0115403
005:20150330174839.0
100:  ^a20150330d2014    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor
102:  ^aPT
200:1 ^a<A >pessoa com úlcera crónica de perna^eimpacto na qualidade de vida- um enfoque na promoção da saúde^fRosa Maria da Costa Zambrano^gorient. Maria Manuela Amorim Cerqueira
200:^gco.orient. Maria de la Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2014
215:  ^a91 p.^cil.
300:  ^aDissertação de mestrado em Promoção e Educação para a Saúde apresentada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
606:  ^aMestrado em Promoção e Educação para a Saúde
606:  ^aÚlcera crónica de perna
606:  ^aQualidade de vida
606:  ^aPromoção da saúde
606:  ^aCuidados de enfermagem
675:  ^a616-083
700: 1^aZambrano^bRosa Maria da Costa
701: 1^aCerqueira^bMaria Manuela Amorim ^4727
701: 1^aSoares^bMaria de la Salete Rodrigues ^4727
859:  ^aCAPA^b\6869ess.jpg^c1
930:  ^d043-D ZAM PES [172]^lESS
Capa
MFN: 89545
Estado: n    Tipo: a    Nível bibl.: m    Nível hierárquico:      Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0113691
005:20170303191708.0
100:  ^a20140506d2013    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor
102:  ^aPT
200:1 ^a<A >Criança com asma ^e<o >conhecimento dos pais e adolescentes sobre a doença
200:^econtributos para a gestão da asma^fMaria Dulce Martins Parente^gorient. Clara de Assis Coelho Araújo
200:^gco-orient. Maria de la Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo^c[s.n.]^d2013
215:  ^a115 p.^eDVD
300:  ^aDissertação de Mestrado em enfermagem de Reabilitação
330:  ^aSendo a asma na criança uma doença crónica, em que são necessários tratamentos complexos e atitudes preventivas, o papel dos pais como prestadores de cuidados adquire um relevo essencial. Neste sentido, a educação do doente e família, bem como a reeducação funcional respiratória, têm um papel fundamental na promoção de um melhor conhecimento da doença, com alteração de comportamentos e atitudes, de modo a permitir um melhor controlo da asma. O presente estudo teve como objetivos principais avaliar os conhecimentos dos pais das crianças com asma e dos adolescentes acerca da doença e analisar a relação entre algumas variáveis sociodemográficas e clínicas e o nível de conhecimentos sobre asma e teve ainda como finalidade a construção de um programa de educação terapêutica e reabilitação destinado aos pais e aos adolescentes, como resposta às necessidades de conhecimentos identificadas. A população do estudo é constituída por 93 pais das crianças com asma diagnosticada e por 34 adolescentes com asma, que frequentam a Consulta Externa de Pediatria de um hospital do norte do país. Procedeu-se à avaliação dos conhecimentos dos pais e dos adolescentes sobre a doença, mediante a aplicação do Asthma Knowledge Questionnaire. Construímos ainda um questionário de dados sociodemográficos e clínicos de interesse para o estudo. No sentido de efetuar a caraterização socioeconómica da família, utilizamos a Classificação Social de Graffar. A maioria das crianças pertencia à classe III da Classificação Social de Graffar, com um tempo médio de doença de 7,5 anos e de vigilância na consulta de 5,5 anos. A maioria teve crises de asma no último ano mas não necessitou de recorrer ao serviço de urgência. A maioria dos pais manifestou interesse em ter mais conhecimentos acerca da doença. O valor médio de conhecimento dos pais foi de 13.6 e dos adolescentes de 12.4, mas a diferença não foi estatisticamente significativa. Verificamos não existir associação entre o conhecimento sobre asma e a idade, género, nível socioeconómico, escolaridade e o tempo de vigilância na consulta. Nos adolescentes, encontrou-se uma associação negativa entre o tempo de doença e o nível de conhecimentos sobre asma. Os resultados deste trabalho constituíram o suporte para a conceção de um programa educativo destinado a esta população, norteado pelas necessidades de auto-cuidado identificadas, e constituir-se-á como proposta de implementação na consulta de enfermagem de reabilitação destinada a esta população.
606:  ^aCriança^xAsma^2DeCS
606:  ^aFamília^2Ln
675:  ^a616-083
700: 1^aParente^bMaria Dulce Martins
701: 1^aAraújo^bClara de Assis Coelho ^4727
701: 1^aSoares^bMaria de la Salete Rodrigues^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/1297^zConsultar no repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\6742ess.jpg^c1
930:  ^d043-D PAR CRI [127]^lESS
930:  ^dDVD PAR CRI [127]^lESS
Capa
MFN: 99053
Estado: n    Tipo: a    Nível bibl.: m    Nível hierárquico:      Nível de cod.:      Forma de desc.: 

001:0125260
005:20180914130056.0
100:  ^a20180914d2018    m  y0pory0103    ba
101:0 ^apor
102:  ^aPT
200:1 ^aProcesso de planeamento da alta do cliente dependente de uma UMDR para o domicilio^bregisto eletrónico^fAna Maria de Morais Gomes^gorient. Maria de La Salete Rodrigues Soares
210:  ^aViana do Castelo ^c[s.n.]^d2018
215:  ^aCd-rom
328: 1^aDissertação de Mestrado em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo^d2018
606:  ^aMestrado em Enfermagem de Reabilitação^xDissertação de mestrado
606:  ^aAlta^xPlaneamento
606:  ^aPrestador de cuidados
606:  ^aEnfermeiro especialista em reabilitação
606:  ^aUnidade de média duração e reabilitação
606:  ^aAutonomia
675:  ^a616-083
700: 1^aGomes^bAna Maria de Morais
702: 1^aSoares^bMaria de La Salete Rodrigues ^4727
856:4 ^uhttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2064^zConsultar no Repositório IPVC
859:  ^aCapa^b\7396ess.jpg^c1
930:  ^d043-D GOM PRO [267]^lESS
Página 1 de 2 1 2 > >>