Search Filter

Tipo de Documento

Nível Bibliográfico

Autor

Data

Editor

Coleção

Assunto

Forma do Assunto

Língua

Público-alvo

 
Texto
[53134]
[et al.] - Manual de urgências e emergências. Lisboa : Lidel, 2007. 343 p.. ISBN 978-972-757-365-3
Capa
[42957]
Pimenta, Cibele Andrucioli de Mattos ; Mota, Dáleta Delalibera Corrêa de Faria ; Cruz, Diná de Almeida Lopes Monteiro da - Dor e cuidados paliativos : enfermagem, medicina e psicologia. São Paulo : Manole, 2006. 498 p.. ISBN 85-204-2403-1
Texto
[32470]
Hunter, Susan - Determination of moral negligence in the context of the undermedication of pain by nurses. . vol. 7, nº. 5 (Sep. 2000)
Texto
[34593]
Estados Unidos da América. Academia Americana de Pediatria. Comissão para os Aspectos Psicológicos da Saúde Infantil e Familiar ; Estados Unidos da América. Sociedade Americana da Dor. Grupo de Trabalho sobre a Dor em Lactentes, Crianças e Adolescentes - Avaliação e terapêutica da dor em lactentes, crianças e adolescentes. . vol. 9, nº. 10 (Nov. 2001)
Texto
[44445]
Reig, Enrique ; Saz de la Torre, Javier Manuel del - Dor neuropática : 100 perguntas mais frequentes. Algés : Revisfarma, Ed. Médicas, 2006. 53 p.. ISBN 972-99946-7-6
Texto
[26457]
Martínez Balleras, Maria Rosa - Qué sabe sobre el dolor en el recién nacido?. "Revista ROL de Enfermeria".-Barcelona.-Año 20, nº. 226 (Jun. 1997).-p. 79-85
Texto
[32531]
Carla, Susana ; Costa, Olga - Anestesia em obstetrícia. . ano VI, nº. 22/23 (Jul- Dez. 2000)
Texto
[34160]
Soares, Cecília mesquita Madureira e - O recém-nascido com dor não cirúrgica. . ano VI, nº. 25 (Maio-Jun. 2001)
Texto
[40405]
Araújo, Clara de Assis Coelho de - Sofrimento físico, psíquico e moral no sector do calçado em Portugal : contributos para uma psicodinâmica do trabalho. Porto : Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade do Porto, 2003. 379 p.. Enquadrada numa perspectiva de construção positiva da saúde, esta investigação tem por objectivo elucidar as razões pelas quais uma situação de trabalho que é tida como podendo oferecer ocasiões à pessoa que trabalha de construir o seu equilíbrio do ponto de vista da saúde, pode originar um sofrimento incontrolável e destrutivo. O núcleo da investigação situa-se na análise do sofrimento no e pelo trabalho nas suas dimensões física, psíquica e moral num percurso de descoberta progressiva do espaço hoje assumido pela psocodinâmica do trabalho. Criam-se três "janelas" de acesso ao sofrimento dos trabalhadores que configuram três estudos com abordagens metodológicas e fun damentos epistemológicos diferentes, de uma mesma parcela da realidade social - a com a que se confrontam os trabalhadores do calçado. Um primeiro que consistiu na análise das repercussões do desemprego na saúde mental do indivíduo, procurando-se associadamente observar a repercussão do stress no trabalho sobre a saúde mental do trabalhador. Desenvolve-se na perspectiva epidemiológica e num quadro pautado pelos padrões da nosografia psiquiátrica donde sobressaem conclusões que fomentam a abertura da segunda "janela" de acesso ao sofrimento dos trabalhadores no e pelo trabalho. Um segundo estudo, cuja opção metodológica foi o estudo de caso numa empresa de calçado recorrendo-se para tal á análise da actividade do trabalho. Neste estudo tornou-se visivel a existência de factores considerados de risco de perturbações musculo-esqueléticas (PME) relacionados com constrangimentos físicos e temporais directamente ligados às "novas formas de organização do trabalho". Um terceiro estudo cuja opção metodológica incide na Análise Colectiva de Trabalho (ACT) e se desenvolve em colaboração com a organização sindical do sector de calçado. A articulação destes estudos permite por um lado discutir e caracterizar o que, no trabalho, exige destes trabalhadores na gestão do sofrimento e por outro dá conta da existência clara de um sofrimento não valorizado socialmente que as organizações sindicais deficientemente conseguem impôr no debate público e social.
Texto
[34101]
Batalha, Luis Manuel Cunha - A criança com dor e a sua família : saberes e práticas dos enfermeiros pediátricos. . vol. 49, nº. 5 (Set.-Out. 2001)